woman in greenhouse
Eyebrow
Bem-estar nutritivo
Heading
Salvaguardar a segurança alimentar
Subheading
Mitigar os riscos alimentares em todo o mundo
Body

Como um dos maiores produtores de alimentos, conhecemos a importância da nutrição e a forma como os alimentos que consumimos influenciam o nosso bem-estar, incluindo a capacidade cognitiva e as oportunidades económicas. Não é de estranhar que os alimentos não seguros possam ter consequências sociais e económicas debilitantes.  

Contextualizando a situação, cerca de 4,5 mil milhões de pessoas são expostas anualmente a micotoxinas, incluindo aflatoxinas, que se encontram nas culturas agrícolas e contaminam 25 por cento do abastecimento mundial de alimentos. Isto resultou numa perda de receitas entre os 600 milhões e os mil milhões de dólares. À medida que surgem novas ameaças, é urgente mobilizarmo-nos.  

Resumindo: se não é seguro, não é comida. Deste modo, o nosso objetivo é combater alimentos não seguros, particularmente em países com baixos rendimentos, para resolver os problemas de subnutrição em todo o mundo.   

O nosso plano de ação de segurança alimentar  

Estamos a tomar medidas para mitigar os riscos alimentares, usando a ciência e a colaboração em todas as cadeias de valor: desde a colheita de produção agrícola até ao processamento e embalamento, passando pela forma como os consumidores armazenam, manipulam e consomem os nossos produtos alimentares.  

O Mars Global Food Safety Center  

O Mars Global Food Safety Center é um centro global de investigação e formação de última geração projetado para abordar a segurança alimentar. O nosso objetivo é participar ativamente no combate à subnutrição e outras causas de alimentos inseguros em todo o mundo, particularmente em países com baixos rendimentos. Para tal, estabelecemos parcerias com governos, estabelecimentos de ensino, organizações não governamentais e partes interessadas da indústria para garantir alimentos mais seguros para todos.  

O African Orphan Crop Consortium 

Em todos os segmentos da nossa atividade, estamos a utilizar a ciência para promover a produtividade agrícola e melhorar a segurança alimentar. Uma das formas de o fazer é através do nosso envolvimento no African Orphan Crop Consortium (AOCC), uma organização que se concentra no sequenciamento dos genomas de 101 culturas africanas fundamentais para a cultura e para as dietas de milhões de agricultores africanos. O objetivo é ajudar as comunidades rurais africanas a produzir culturas mais nutritivas, mais rentáveis e mais resistentes à seca.  

Os cientistas do AOCC também estão a formar cultivadores de plantas, a garantir financiamento para desenvolver e implementar inovações científicas e a partilhar os seus conhecimentos publicamente. Melhorar a agricultura africana pode erradicar a desnutrição, que afeta 30 por cento das crianças africanas e custa a África quase 125 mil milhões de dólares por ano. 

Investigação colaborativa e inovação 

Também trabalhamos em estreita colaboração com várias organizações que acrescentam valor, conhecimento e experiência aos nossos programas de apoio à segurança alimentar e combate à desnutrição nos países em desenvolvimento. 

Para melhorar a segurança alimentar e a segurança nos países em desenvolvimento, estabelecemos parcerias com muitas organizações:  

  • Em 2015, anunciámos um acordo não vinculativo com a Tata Trusts para realizar investigações conjuntas sobre diretrizes nutricionais que podem ajudar a combater a anemia e outras formas de desnutrição.  

  • Colaborámos com o Programa Mundial de Alimentação (PMA) para desenvolver padrões de fabrico de alimentos nutricionalmente ricos para populações que enfrentam fome e desnutrição.  

  • Estamos a apoiar especialistas em compras com formação em segurança dos alimentos, avaliações de risco e informações sobre a gestão da segurança alimentar em ambientes de produção secos. 

Ao adotar uma abordagem aberta e colaborativa, podemos ajudar a elevar os futuros padrões globais de segurança alimentar, garantindo que o mundo erradica a desnutrição e os alimentos inseguros. Saiba mais na nossa Política de qualidade e segurança alimentar.