Eyebrow
Investir no nosso futuro
Heading
Ir mais além para proteger o futuro
Body

Este artigo, escrito pelo nosso Chief Procurement and Sustainability Officer, Barry Parkin, surgiu originalmente no nosso relatório de 2017-2018 sobre o plano Sustainable in a Generation. Clique aqui para ler o relatório completo.

Sempre soubemos que as parcerias pré-concorrenciais serão cruciais para promover as mudanças necessárias em grande escala. Por esse motivo, no ano passado, investimos fortemente no reforço das parcerias existentes e na criação de novas parcerias.

 

Uma parceria fundamental é o Livelihoods Fund for Family Farming, que cofundámos com a Danone e outras organizações em 2015. Este fundo investirá 120 milhões de euros no desenvolvimento de projetos agrícolas sustentáveis que melhorem os rendimentos dos pequenos agricultores, além de ajudarem a combater problemas de segurança alimentar e a restaurar os ecossistemas. O nosso objetivo é ter um impacto positivo em 200 000 quintas através do Livelihoods Fund. Neste momento, temos três projetos no terreno há mais de um ano e outros quatro projetos em fase de preparação.

Recentemente, tive a oportunidade de ver este projeto em ação e de trabalhar com produtores de baunilha em Madagáscar. Mesmo depois de apenas um ano, é óbvio que este fundo e esta abordagem estão a gerar uma mudança real no terreno. Estão no bom caminho para aumentar as receitas dos agricultores até 300%, graças à melhoria das práticas de cultivo e ao envolvimento dos agricultores na etapa seguinte da cadeia de abastecimento. O nosso compromisso de obtenção de matérias-primas a 10 anos significa que os agricultores podem investir com segurança, e estamos no bom caminho para proporcionar meios de subsistência prósperos a até 3000 produtores e cerca de 12 000 familiares.

Um dos maiores desafios que enfrentamos é a desflorestação causada pela expansão da agricultura. No que diz respeito ao cacau, trabalhamos com os nossos colegas do sector através da World Cocoa Foundation, para criar uma parceria público-privada inovadora designada "Iniciativa Cacau e Florestas" com vista a acabar com a desflorestação no Gana e na Costa do Marfim. Através de ações e investimento fortes por parte do governo e da indústria, esta iniciativa tem o potencial de travar a desflorestação causada pela agricultura nesses países e de servir como um exemplo do que pode ser feito noutros países e com outras matérias-primas.

Lançámos uma nova parceria estratégica de longo prazo com a Verité, uma organização líder em direitos humanos, para fortalecer o impacto dos nossos programas de direitos humanos, trabalhando nas nossas próprias operações, desde os nossos fornecedores de primeiro nível até aos extremos mais distantes das cadeias de abastecimento alargadas. E lançámos ainda o Farmer Income Lab , uma iniciativa colaborativa de “reflexão e ação”, que tem como objetivo identificar formas de aumentar os rendimentos dos pequenos proprietários. Os estudos e conclusões iniciais do laboratório, elaborados em colaboração com a Oxfam, com a Universidade de Wageningen na Holanda e com o grupo Dalberg, foram publicados em 2018.

Outro parceiro muito importante é a Ellen MacArthur Foundation, de quem fomos um dos primeiros parceiros na iniciativa New Plastics Economy. Apoiámos os esforços da fundação através do nosso objetivo de trabalhar com embalagens 100% recicláveis até 2025. Utilizar menos embalagens de plástico, reduzir o desperdício de embalagens de plástico e aumentar a capacidade de reciclagem das nossas embalagens de plástico são as principais prioridades para a minha equipa e para mim. Sabemos que temos muito trabalho pela frente nesta área e aumentámos os nossos investimentos e recursos para acelerar os progressos.

No que toca à escassez de água, fizemos bons progressos, principalmente no que diz respeito ao arroz, para o qual os nossos esforços incidem no Paquistão, em Espanha e nos EUA. É um bom começo, mas há mais a fazer. E com as alterações climáticas a continuar a afetar as regiões de obtenção de matérias-primas em todo o mundo, enfrentamos riscos cada vez maiores.

Nos nossos esforços para fomentar o bem-estar, continuamos a desenvolver a nossa abordagem líder de mercado ao marketing responsável através da implementação de um sistema aprimorado para medir a conformidade com o Código de Marketing da Mars, incluindo uma robusta auditoria realizada por terceiros. A nossa liderança nesta área foi reconhecida publicamente quando alcançámos o primeiro lugar na categoria de marketing do Índice Global de Acesso à Nutrição (ATNI) de 2018 e estamos a trabalhar com uma variedade de parceiros com ideias semelhantes para impulsionar padrões mais elevados na indústria, particularmente na área emergente da autorregulamentação digital.

Também estamos a fazer progressos nos compromissos para melhorar e expandir as ofertas de produtos que oferecemos aos nossos consumidores para apoiar o seu bem-estar. Investimos significativamente em inovações para satisfazer as necessidades dos consumidores que procuram ingredientes mais naturais, sobretudo no desenvolvimento e aprovação de regulamentações em vários mercados para novos ingredientes de cor natural.

Através destas iniciativas, assim como de programas internos para apoiar a saúde e o bem-estar dos nossos Associados, entre outros, conseguimos um aumento de 55% da nossa pontuação ATNI global, passando de 3,6 (em 10) em 2016 para 5,6 em 2018.

O nosso plano Sustainable in a Generation está diretamente associado aos nossos objetivos de negócio, motivo pelo qual estamos a investir mais de mil milhões de dólares nos primeiros três anos para iniciarmos o caminho rumo à nossa ambição. Sabemos que a concretização do nosso plano demorará décadas e estamos conscientes de que, relativamente a alguns dos nossos objetivos, poderemos não ver progressos rápidos nos primeiros anos. Mas mantemo-nos firmes em seguir o caminho que escolhemos. Neste primeiro ano, estamos a concentrar-nos na transformação das nossas cadeias de abastecimento de matérias-primas, acelerando o que já funciona, construindo e investindo em várias parcerias fundamentais e testando novas abordagens. Nos próximos anos, a nossa atividade será alvo de uma ampliação significativa e terá maior impacto no terreno.

Atenciosamente,

Barry Parkin

 

Mais da Mars